YouTube investe pesado em anúncios sobre desinformação

Empresa comprou horário nobre da TV aberta e espaço em aeroportos; outras redes, como o Twitter, têm atuações mais tímidas

Com as eleições se aproximando, o YouTube tem investido em anúncios que tratam do combate à desinformação, inclusive promovendo seus próprios esforços em horário nobre da televisão brasileira.

COMO ASSIM? O YouTube tem investido em anúncios de auto-promoção, falando das medidas que a plataforma adota no combate à desinformação.

Sob o slogan #AntesDoSeuPlay, a empresa afirma que remove vídeos que violam as políticas, recomenda conteúdo de fontes confiáveis, reduz a propagação de conteúdo duvidoso e recompensa criadores que fazem conteúdo de qualidade.

Um anúncio dessa campanha foi veiculado no intervalo do Jornal Nacional de segunda-feira, 22.ago.2022, quando o presidente Jair Bolsonaro, candidato à reeleição, foi entrevistado. Um outro painel dessa mesma campanha está no Aeroporto Internacional de Brasília.

Anúncio do Youtube no desembarque do Aeroporto Internacional de Brasília

Por meio da assessoria de imprensa, o YouTube disse ao Núcleo que a campanha está rodando desde agosto e é o maior investimento em mídia da empresa neste ano.

"A campanha terá 4 fases e será veiculada em jornais, revistas, rádio, TV aberta e fechada, relógios de rua, painéis digitais, aeroporto, eletromídia e mídia online — incluindo peças em vídeo no YouTube", disse a empresa.

Só uma inserção de 60 segundos no intervalo do Jornal Nacional custa por volta de R$1,7 milhão de reais, segundo o site Observatório da TV.

E O TWITTER? Em comparação com plataforma de vídeos do Google, o Twitter tem atuado de maneira tímida e não tem falado de seus próprios esforços.

Uma das iniciativas da companhia é este anúncio promovido pela conta Twitter Safety, que trata de questões de segurança na plataforma e traz uma série de passos para confirmar se uma informação é verdadeira.

Exemplo de anúncio do Twitter

A rede disse, em resposta a questionamentos do Núcleo, que só está impulsionando anúncios dentro do próprio Twitter e que os únicos posts impulsionados fazem parte da campanha de educação midiática e estão no perfil @Twitter Brasil.

"Estamos avaliando próximas etapas da campanha que poderão incluir veiculação em outros meios", disse a empresa por meio da assessoria de imprensa.

Texto Laís Martins
Edição Alexandre Orrico


Faça parte da conversa

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca