Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Com as eleições se aproximando, o YouTube tem investido em anúncios que tratam do combate à desinformação, inclusive promovendo seus próprios esforços em horário nobre da televisão brasileira.

COMO ASSIM? O YouTube tem investido em anúncios de auto-promoção, falando das medidas que a plataforma adota no combate à desinformação.

Sob o slogan #AntesDoSeuPlay, a empresa afirma que remove vídeos que violam as políticas, recomenda conteúdo de fontes confiáveis, reduz a propagação de conteúdo duvidoso e recompensa criadores que fazem conteúdo de qualidade.

Um anúncio dessa campanha foi veiculado no intervalo do Jornal Nacional de segunda-feira, 22.ago.2022, quando o presidente Jair Bolsonaro, candidato à reeleição, foi entrevistado. Um outro painel dessa mesma campanha está no Aeroporto Internacional de Brasília.

Anúncio do Youtube no desembarque do Aeroporto Internacional de Brasília

Por meio da assessoria de imprensa, o YouTube disse ao Núcleo que a campanha está rodando desde agosto e é o maior investimento em mídia da empresa neste ano.

"A campanha terá 4 fases e será veiculada em jornais, revistas, rádio, TV aberta e fechada, relógios de rua, painéis digitais, aeroporto, eletromídia e mídia online — incluindo peças em vídeo no YouTube", disse a empresa.

Só uma inserção de 60 segundos no intervalo do Jornal Nacional custa por volta de R$1,7 milhão de reais, segundo o site Observatório da TV.

E O TWITTER? Em comparação com plataforma de vídeos do Google, o Twitter tem atuado de maneira tímida e não tem falado de seus próprios esforços.

Uma das iniciativas da companhia é este anúncio promovido pela conta Twitter Safety, que trata de questões de segurança na plataforma e traz uma série de passos para confirmar se uma informação é verdadeira.

Exemplo de anúncio do Twitter

A rede disse, em resposta a questionamentos do Núcleo, que só está impulsionando anúncios dentro do próprio Twitter e que os únicos posts impulsionados fazem parte da campanha de educação midiática e estão no perfil @Twitter Brasil.

"Estamos avaliando próximas etapas da campanha que poderão incluir veiculação em outros meios", disse a empresa por meio da assessoria de imprensa.

Texto Laís Martins
Edição Alexandre Orrico

Twitter/XYouTube
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.