Meta é multada em € 405 milhões por expor dados de adolescentes no Instagram

É a segunda maior multa já aplicada pela União Europeia por infrações à lei de proteção de dados pessoais.

A Comissão de Proteção de Dados da Irlanda informou nesta segunda (5.set.22) que multou a Meta em € 405 milhões (~R$ 2,1 bilhões) por falhas no Instagram que expunham dados de adolescentes, o que configurou uma infração ao GDPR, a lei de proteção de dados pessoais da União Europeia.

O QUE HOUVE? A decisão será divulgada semana que vem, mas a agência Reuters antecipou alguns detalhes do caso.

A investigação, iniciada em 2020, focou na permissão que adolescentes entre 13 e 17 anos tinham para operar contas comerciais no Instagram, o que facilitava a exposição de dados como número de telefone e endereço de e-mail.

RESPOSTA DA META. Um porta-voz da Meta ouvido pelo site Politico alegou que a multa se baseia em uma “configuração antiga que foi atualizada há um ano”, e que outras melhorias foram feitas desde então.

De fato, hoje novas contas criadas por adolescentes no Instagram têm por padrão o nível de restrição/privacidade mais rígido possível. Entre outras limitações, apenas perfis que o adolescente segue podem se comunicar com ele no aplicativo.

A empresa disse ainda que está revisando a decisão e deverá contestar o valor da multa.

CONTEXTO. A multa partiu da Irlanda porque a sede europeia da Meta fica no país por questões fiscais.

É a segunda maior multa aplicada na União Europeia por infrações ao GDPR. A maior, no valor de € 746 milhões, foi aplicada em julho de 2021 contra a Amazon.

É a terceira vez que a União Europeia pune a Meta por infrações à legislação de proteção de dados. Antes disso, a empresa foi multada por falhas no WhatsApp, em setembro de 2021 (€ 221 milhões), e no Facebook, em março deste ano (€ 17 milhões).

Via Politico, Reuters (ambos em inglês).

Post feito em parceria com o Manual do Usuário


Faça parte da conversa

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca