Moraes é mencionado 6,4 mil vezes em vídeos com potencial desinformativo

Nos últimos 30 dias, o BotPonto, robô de monitoramento do Youtube do Núcleo, listou 998 vídeos citando o ministro.

Nos últimos trinta dias, o ministro do STF e presidente do TSE, Alexandre de Moraes, foi mencionado 6,4 mil vezes em vídeos com potencial desinformativo. O segundo termo mais citado, “fake news”, teve 1,6 mil menções.

Os dados são do BotPonto, robô do Núcleo que monitora transcrições de vídeos no YouTube em busca de termos com potencial desinformativo. É possível conferir o painel com as informações aqui.

Durante o período analisado, o ministro assumiu o cargo de presidente do TSE em 16.ago.22. Além disso, houve o pedido de busca e apreensão em 23.ago.22 contra empresários bolsonaristas que compartilharam mensagens de cunho golpista em grupo do WhatsApp.

OS CANAIS. Segundo o monitoramento do BotPonto, foram ´998` vídeos citando Alexandre de Moraes nos últimos 30 dias. A Folha Política foi o canal que mais publicou vídeos citando Moraes, com 211 vídeos. Em segundo lugar, o canal Rede TVT, com 139 vídeos.

Além disso, nosso robô também identificou 52 vídeos citando o impeachment de Alexandre de Moraes, a maioria de canais bolsonaristas. As publicações se dividiram apenas entre dois canais, Top Tube Famosos e BRASIL ACIMA DE TUDO.

VIRALIZOU. Com 879 mil visualizações, o vídeo mais viral citando o ministro no último mês foi do canal Te Atualizei, da influenciadora bolsonarista Barbara Destefani. A publicação tem 237 mil curtidas e mais de 12 mil comentários. Desde 2021, Destefani é investigada pelo inquérito das fake news do Superior Tribunal Federal.

MULHERES. A análise dos termos mais citados em vídeos com potencial desinformativo do BotPonto mostra também que os dois vídeos mais virais da última semana foram de elogios ao governo Bolsonaro.

O primeiro foi da Folha Política que comentou a fala da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, contra a senadora e candidata à Presidência Simone Tebet (MDB). A publicação tem mais de 368 mil visualizações, 52 mil curtidas e 3,1 mil comentários, e cita repetidamente os termos “comunismo”, “STF”, “TSE” e nomes de ministros do STF, como Alexandre de Moraes e Edson Fachin.

Já o segundo vídeo mais viral foi do canal do influencer bolsonarista, canditado a deputado federal, Gustavo Gayer (PL-GO) com ataques à jornalista da CNN, Daniela Lima, e elogios ao presidente. A publicação teve 290 mil visualizações, 84 mil curtidas e 5,5 mil comentários.

Reportagem Sofia Schuring
Edição Julianna Granjeia

Faça parte da conversa

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca