Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Cerca de 4 mil funcionários de refeitórios em escritórios do Google nos Estados Unidos se sindicalizaram sem grandes alardes nos últimos anos.

As informações são do jornal The Washington Post.

COMO? A maioria dos funcionários que trabalham em refeitórios na Google são terceirizados ou funcionários temporários. Desde 2018, o sindicato Unite Here, que conta com 300 mil membros, vem ajudando na sindicalização de empresas ligadas aos serviços de alimentação no Vale do Silício.

Segundo o Post, os empregados sindicalizados representam cerca de 90% do total de trabalhadores de serviços de alimentação no Google. Com isso, eles garantiram salários mais altos, benefícios de aposentadoria e cobertura gratuita de assistência médica.

JÁ É ESPERADO. Funcionários e terceirizados da Alphabet, empresa mãe do Google, foram os primeiros na indústria de tecnologia a conseguirem a sindicalização, após três anos de manifestações e conversas com a administração da empresa.

Google
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.