Amazon mudará política de devolução de e-books Kindle devido a abusos de tiktokers

Tudo por causa de uma trend que estimula a leitura de livros digitais em até sete dias e depois a solicitação de reembolso à Amazon.

A Amazon mudará a política de devolução de e-books Kindle até o fim do ano, segundo a Authors Guild, espécie de associação norte-americana de escritores independentes.

O QUE HOUVE? A mudança ocorre a pedido desses autores, que vêm sendo afetados por uma prática, digo, uma “trend” no TikTok que explora uma brecha na política de devoluções do Kindle.

Esses tiktokers estão ensinando seus seguidores (e muita gente tem aderido) a lerem livros digitais em até sete dias e solicitar o reembolso à Amazon.

Dentro desse prazo, o reembolso é integral, o que afeta não só os lucros, como pode causar prejuízo aos autores, segundo relatos em redes sociais.

E AGORA? Até o fim do ano, pedidos de reembolso de e-books Kindle que o comprador já tenha lido pelo menos 10% serão analisados caso a caso, por um funcionário da Amazon.

O pessoal da Authors Guild se disse satisfeito com a solução.

Via Authors Guild, TechRadar (ambos em inglês).

Post feito em parceria com o Manual do Usuário

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca