Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

A campanha de Jair Bolsonaro (PL) acelerou os gastos em anúncios no Google nos últimos dias, à medida que se aproxima da reta final em direção ao 2º turno das eleições.

ACELERANDO. Nos últimos 30 dias, Bolsonaro gastou cerca de R$ 7 milhões com anúncios no Google, metade disso na última semana (entre 16-21.out).  Apenas na quarta-feira (19.out), a campanha investiu R$1,35 mi em propagandas – maior gasto já feito em um único dia por Bolsonaro durante toda a campanha eleitoral.

E O LULA? Lula gastou bem mais nos últimos 30 dias (R$11,5 milhões), mas desacelerou na última semana, quando os gastos foram de R$3,1 milhões. Os maiores gastos do petista foram nos últimos dias antes do 1º turno.

OS ANÚNCIOS. Segundo dados da plataforma de transparência de anúncios políticos do Google, a campanha de Jair Bolsonaro (PL) tem, pelo menos, seis anúncios que atingiram mais de 10 milhões de visualizações. Um deles foi removido pela plataforma por violar políticas internas.

O recente esforço publicitário de Bolsonaro no Google começou na terça (18.out). A data coincide com o dia em que o ministro do TSE, Benedito Gonçalves, expediu uma liminar contra perfis, canais e grupos bolsonaristas associados a um esquema de desinformação eleitoral coordenada contra Lula (PT).

Entre os quatro anúncios mais virais da semana, um deles era da campanha do ex-presidente Lula, mas foi removido por violar políticas da plataforma.

Apesar de o Google não dizer os detalhes acerca da remoção, é possível que a propaganda envolvesse a fala de Bolsonaro sobre meninas venezuelanas. O TSE proibiu a veiculação do anúncio no dia 16.out, mesmo dia em que foi enviado e removido pelo Google.

Edição Sérgio Spagnuolo
GoogleYouTubeEleições 2022
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.