Twitter deve fechar Revue, plataforma de newsletters

Mesmo antes de ser oficialmente descontinuada, plataforma já apresentava instabilidades, levando usuários a migrarem para concorrentes

Como parte das reformulações sob a gestão de Elon Musk, até o final do ano o Twitter deve descontinuar o Revue, plataforma de newsletters que foi adquirida pela empresa no início de 2021, segundo a newsletter Platformer.

VIDA CURTA. Em janeiro de 2021, o Twitter comprou o Revue, plataforma criada por holandeses, por um valor não divulgado para concorrer com o Substack em meio a um boom de newsletters. Com o Revue, autores têm a opção de manter tanto uma newsletter gratuita quanto conteúdo restrito a assinantes.

PROBLEMAS. Mesmo antes de ser descontinuado, o serviço já vinha apresentando problemas. No Twitter, uma usuária reclamou que em três ocasiões diferentes o Revue não funcionou, o que já provocou um êxodo de criadores para outras plataformas, como o Substack.

Ao Manual do Usuário, ela disse ter tido problemas na semana passada, quando o Revue não estava disparando os emails e apenas publicando-os online, e no mês passado, quando o site ficou inacessível por um dia inteiro.

Texto Laís Martins e Rodrigo Ghedin
Edição Samira Menezes

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca