Mastodon foi a rede que mais se beneficiou com o caos no Twitter de Musk

Análise feita a partir de dados públicos no Twitter revela aonde usuários insatisfeitos com Musk estão indo.

Que houve uma pequena onda migratória para outras redes sociais desde que Elon Musk assumiu o controle do Twitter, é inegável. Mas quem se beneficiou mais?

Análise feita pelo blogueiro Tim Chambers a partir de dados coletados do próprio Twitter revelou que, até agora, o Mastodon tem se destacado como refúgio dos insatisfeitos com a rede de Musk.

O QUE HOUVE? Tim analisou alguns dados do Twitter, em especial posts com a hashtag #TwitterMigration e alterações na bio para incluir endereços de outras redes sociais.

Por esse segundo parâmetro, o do endereço alheio na bio entre 24 de outubro e 22 de novembro, sua análise revelou que a quantidade de usuários do Twitter que migraram para o Mastodon aumentou em 1.856%.

O desempenho do Mastodon é expressivo. Ao todo, 90.523 usuários incluíram seus endereços de lá em suas bios no Twitter. O segundo colocado, a rede social Hive, ganhou apenas 2.637 novos promotores no Twitter.

Gráfico em barras mostrando menções a outras redes sociais nas bios do Twitter.
Novas menções a outras redes sociais na bio dos perfis do Twitter. Gráfico: Tim Chambers.

(A rede social Hive está fora do ar após a descoberta de falhas graves de segurança na plataforma.)

OUTROS DESTAQUES. Em termos relativos, a rede social para jornalistas Post.news foi o destaque, com aumento de 4.667% em menções na bio. Os números absolutos são minúsculos, porém (140 novos usuários).

O recorte acima considerou apenas redes sociais “novas”. Ao incluir as mais antigas, Tim observou que Telegram, Tumblr e Substack tiveram aumentos relativos consideráveis, de 23%, 29% e 22%, respectivamente.

OUTROS RECORTES. Tim também analisou posts no Twitter mencionando endereços e nomes de usuários em redes sociais. O Mastodon, mais uma vez, se destacou, seguido da Hive.

Gráfico em curvas de posts públicos no Twitter mencionando outras redes sociais.
Menções a outras redes sociais em posts públicos no Twitter. Gráfico: Tim Chambers.

Também foram analisados dados de download de aplicativos móveis gerados pela consultoria Sensor Tower. Tanto o aplicativo oficial quanto os de terceiros, como Tootle e Metatext, tiveram crescimento expressivo.

“No mundo inteiro, o aplicativo [oficial do Mastodon] cresceu 657% para 1 milhão [de downloads] nos 12 dias seguintes à venda do Twitter, de 15 mil no período anterior.”

Para ler o relatório de Tim na íntegra, siga este link (PDF, em inglês).

Post feito em parceria com o Manual do Usuário

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca