Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Em uma nova rodada de demissões no Twitter (sim, mais uma), uma das principais gerentes de produtos da plataforma, Esther Crowford, vai deixar a empresa, seguida de dezenas de outros funcionários dispensados.

A jornalista Zoë Schiffer, da newsletter Plataformer, estima que ao menos 50 pessoas de diversos setores tenham sido demitidas nessa leva. Segundo o site The Verge, este é, pelo menos, o quarto passaralho na empresa desde que Elon Musk assumiu o controle no fim de out.2022.

QUEM É CROWFORD? Crowford era uma executiva leal ao dono do Twitter, tornando-se a responsável pelo relançamento do serviço Twitter Blue – o qual oferece o selo de verificação, vídeos mais longos e edição de tweets, entre outras coisas, por US$8/mês. No Brasil, o serviço chegou no começo de fevereiro e custa a partir de R$42/mês.

Nos EUA, o Twitter Blue só tem 180 mil assinantes, o equivalente a menos de 0,2% dos usuários ativos da plataforma naquele país.

Ela também causou certo bafafá em novembro ao retuitar uma imagem dela dormindo no chão do escritório do Twitter, para mostrar o quão duro estava trabalhando.

OUTRAS DEMISSÕES. Outra pessoa de destaque demitida dessa vez foi Martijn de Kuijper, fundador da plataforma de newsletters Revue, adquirida pelo Twitter em 2021 e descontinuada por Musk.

Texto de Sérgio Spagnuolo
Twitter/X
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.