Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Com cada vez menos funcionários, o Twitter tem ficado fora do ar cada vez mais vezes. Na manhã desta quarta-feira (1.mar), o serviço enfrentava instabilidade.

VAMOS AOS NÚMEROS. Só em fevereiro, o Twitter caiu quatro vezes. No ano inteiro de 2022, foram apenas nove. Desde que Elon Musk assumiu a empresa, em outubro do ano passado, o plantel passou de 7.500 para 2.000 pessoas.

MAS DEMITIRAM MAIS GENTE? Demitiram. Segundo o "New York Times", foram na última leva "dúzias de engenheiros responsáveis por manter o site online".

O TWITTER VAI DE ARRASTA PRA CIMA? O "New York Times" diz que não, mas eu não sei não, hein? Relata o jornal: "É improvável que o Twitter vá à falência, mas suas operações de tecnologia se tornaram mais precárias desde novembro [de 2022], disseram sete funcionários atuais e ex-funcionários. Musk encerrou as operações em um dos três principais data centers do Twitter, cortou ainda mais as equipes que trabalham na tecnologia de back-end da empresa, como servidores e armazenamento em nuvem, e se livrou dos líderes que supervisionam essa área."

ESTÁ FORA DO AR AGORA? Para muita gente, sim. Aqui a timeline algorítmica (Para você) está funcionando normalmente, mas a cronológica (Seguindo), não. Outras pessoas relatam o mesmo problema, mas para algumas está tudo normal.

Reprodução / Twitter

Via New York Times (em inglês) e El País (em espanhol)

Twitter/X
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.