A autoridade de proteção de dados da Itália determinou nesta sexta-feira (31.mar.2023) um banimento ao ChatGPT devido a alegadas violações de privacidade.

O serviço será imediatamente bloqueado para usuários italianos e a autoridade investigará a OpenAI, a empresa norte-americana criadora da ferramenta. A ordem vigorará até que a empresa se adeque à lei europeia de proteção de dados, a GDPR.

O ARGUMENTO. Segundo a autoridade italiana, a empresa não dispõe de base legal para justificar a "coleta massiva e armazenamento de dados pessoais" para "treinar os algoritmos" do ChatGPT, reportou o site Politico.

MULTINHA. A OpenAI não tem escritórios na Europa, mas sua representação no bloco tem agora 20 dias para informar o que fará para adequar o ChatGPT às regras de privacidade da UE, correndo o risco de ser multada em até 4% de sua receita global em caso de descumprimento.

Via Politico (em inglês)

Texto Laís Martins
Edição Sérgio Spagnuolo
ChatGPTOpenAIInteligência Artifical
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.