Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Em seu blog de comunidade, a OpenAI anunciou hoje (25.abr.2023) três novidades para o ChatGPT: um novo controle de privacidade, a possibilidade de exportar os dados das suas conversas com o robôzinho e um novo modelo de assinatura que estará disponível nos próximos meses.

PRIVACIDADE. Usuários poderão desativar o histórico de conversas com o ChatGPT. A OpenAI afirma que as conversas com o histórico desativado não serão usadas para treinar seus modelos de linguagem, e também não aparecerão na barra lateral. Conversas serão armazenadas pela empresa por 30 dias e poderão ser revisadas para monitorar abusos, antes de serem excluídas permanentemente.

A funcionalidade foi lançada quase um mês após as autoridades de proteção de dados da Itália determinarem a proibição do uso do ChatGPT devido a alegadas violações de privacidade.

DADOS. A partir de agora, basta acessar as configurações do ChatGPT para exportar os dados das suas conversas e receber tudo por email.

ASSINATURA. Além do controle de privacidade, a OpenAI anunciou estar testando um novo modelo de assinatura chamado 'ChatGPT Business' para pessoas que precisam ter mais controle sobre seus dados, além de empresas que queiram “gerenciar seus usuários”.

A empresa disse que o modelo estará disponível nos próximos meses, mas não deu uma data específica. Por enquanto, a assinatura do ChatGPT custa U$20 (R$100).

Via Techcrunch

Texto Sofia Schurig
Edição Alexandre Orrico
OpenAIChatGPT
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.