Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

O Twitter anunciou no sábado (13.mai.2023) que passou a restringir acesso a alguns posts na Turquia, pouco antes de uma decisiva eleição no país.

CONTEXTO. A Turquia vota neste domingo para eleger um novo presidente, em uma eleição que é considerada decisiva para o futuro da democracia do país, na qual o atual mandatário, o linha-dura Recep Tayyip Erdogan, enfrenta desafios "sem precedentes".

CONTEÚDO RESTRITO. A empresa não informou quais tipos de posts passaram a ser suprimidos "em resposta a um processo legal". A restrição será aplicada apenas na Turquia.

JUSTIFICATIVA. A justificativa do dono da empresa, o bilionário Elon Musk, é que é melhor ter alguns posts restritos no país em vez da rede social toda. Musk se alardeia como um grande campeão da liberdade de expressão.

O dono do Twitter respondeu a críticas de que, quando o Twitter teve que atender a pedidos do governo dos EUA, ele fez um grande fuzuê acerca disso, desencadeando o que ficou conhecido como Twitter Files – uma série de posts feitas por jornalistas que tiveram acesso concedido por Musk a documentos internos da rede social da época anterior à entrada do bilionário, no fim de out.2022.

Twitter/X
Acesse o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.