Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

A participação do governador da Flórida, Ron DeSantis, em um Spaces no Twitter para anunciar sua candidatura presidencial nos Estados Unidos deveria ter sido um momento histórico para Elon Musk.

No entanto, as falhas técnicas na plataforma evidenciam os efeitos da redução da força de trabalho na empresa. Em abr.2023, o próprio Musk confirmou ter demitido mais de 80% dos funcionários.

O QUE ROLOU? Durante o evento, ocorreram falhas técnicas, microfones foram ligados acidentalmente e surgiram problemas de áudio, resultando em interrupções na transmissão ao vivo.

Quando a transmissão foi retomada, a audiência era menor, enquanto DeSantis ainda não havia feito nenhum anúncio.

Musk atribuiu os problemas ao número de ouvintes e seu grande número de seguidores. Segundo estimativas, o pico de audiência do evento foi 678 mil ouvintes, que finalizou com 304 mil.

O secretário de campanha de DeSantis, Bryan Griffin, afirmou que o evento contribuiu para arrecadar mais de US$1 milhão em uma hora.

SHADE? O ex-presidente Donald Trump, principal adversário do governador, teve sua conta no Twitter restabelecida por Musk, mas optou por não retornar à plataforma, escolhendo a rede Truth Social. Sua conta estava suspensa desde 6.jan.2021.

Via New York Times e Reuters (ambos em inglês)

Texto Sofia Schurig
Edição Sérgio Spagnuolo
Twitter/X
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.