Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Em 2020, contas de usuários famosos, como Barack Obama, Donald Trump e Elon Musk, foram hackeadas e passaram a postar tweets golpistas promovendo bitcoin. Agora, em 26.jun, três anos depois, o primeiro réu foi condenado pela invasão.

E AGORA? Joseph James O'Connor, de 24 anos, foi condenado a cumprir 5 anos em uma prisão federal dos EUA por conta do hack. Ele também terá de pagar multas de até US$794 mil para as vítimas dos golpes de bitcoin.

Registros de blockchain indicam que O'Connor e outros dois responsáveis, incluindo um adolescente de 16 anos, lucraram cerca de U$120 mil com os tweets golpistas.

TRETA. Em 2022, Peiter Zatko, ex-chefe de segurança do Twitter, testemunhou perante o Congresso dos Estados Unidos, afirmando que milhares de funcionários da plataforma tinham acesso a dados sensíveis, o que, segundo ele, permitiu a invasão em 2020.

Uma investigação do Departamento de Serviços Financeiros do estado de Nova York revelou que os hackers conseguiram invadir as contas ligando para funcionários da empresa e fingindo ser do departamento de TI do Twitter. O inquérito também acusou a empresa de ter proteções de cibersegurança falhas.

Via Techcrunch (em inglês)

Texto Sofia Schurig
Edição Alexandre Orrico

Twitter/X
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.