Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Sites das maiores farmácias e lojas varejistas nos Estados Unidos estão compartilhando dados sensíveis sobre compras para empresas de rede social e publicidade digital, aponta uma nova reportagem do The Markup, uma redação sem fins lucrativos especializada em cobertura de tecnologia.

Esse compartilhamento de informações é crime nos EUA, conforme o Health Insurance Portability and Privacy Act (HIPPA), lei que guia a confidencialidade médica no país.

Ela impõe sigilo médico sobre alguns tipos de informações, incluindo a compra de testes de HIV, pílulas do dia seguinte e produtos contraceptivos.

ENTENDA. Os rastreadores identificados nos sites são os pixels, voltados ao marketing digital.

Essas ferramentas coletam informações enquanto um site está rodando no seu computador e enviam esses dados para redes sociais ou grandes plataformas de marketing digital, como o Google Analytics.

Os pixels também enviam o endereço IP de um comprador para essas mesmas empresas, além de cookies e dados sobre o que você clicou ou comprou.

  • Recebem dados de ao menos uma das varejistas: Meta (Facebook, Instagram e WhatsApp), Google, TikTok, Bing, Twitter, Snapchat, LinkedIn, Pinterest;

COMO FOI FEITO. A apuração usou o Chrome DevTools, uma ferramenta integrada ao navegador Chrome do Google.

Via The Markup (em inglês)

Texto Sofia Schurig
Edição Alexandre Orrico
MetaGoogleTikTokBingTwitter/XSnapchatLinkedInPinterest
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.