Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Um processo movido por ex-funcionários do Twitter alega que a empresa deve cerca de US$ 500 milhões (~R$ 2,4 bilhões), em indenizações.

Courtney McMillian, ex-executiva do Twitter encarregada dos programas de benefícios e indenizações para funcionários demitidos, é a líder do processo contra a empresa. Ela foi dispensada em jan.23.

CONTEXTO. Elon Musk afirma ter demitido mais de 80% dos funcionários após assumir o controle da empresa no fim de out.22, e recentemente ameaçou a Meta de processo após o lançamento do Threads, que conta com ex-funcionários do Twitter.

Segundo o plano de indenização estabelecido pela empresa em 2019, os funcionários demitidos receberiam dois meses de salário base, além de uma semana de pagamento por cada ano completo de serviço. No caso de funcionários seniores, como McMillian, o processo alega que eles deveriam receber seis meses de salário base.

No entanto, o Twitter só concedeu no máximo um mês de indenização aos trabalhadores demitidos, deixando muitos deles sem receber nada.

Via Reuters (em inglês)

Texto Sofia Schurig
Edição Sérgio Spagnuolo
Twitter/XThreads
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.