Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Advogados do New York Times estão explorando a possibilidade de processar a OpenAI para proteger os direitos de propriedade intelectual associados à suas reportagens, de acordo com fontes internas que conversaram com a NPR, uma rede de rádio pública dos Estados Unidos.

COMO ASSIM? A OpenAI utiliza conteúdo disponível na internet para treinar modelos de inteligência artificial, o que levanta questões sobre a legalidade dessa prática e seu impacto potencial na competitividade do jornal.

Segundo a NPR, por semanas, NYT e OpenAI estiveram envolvidos em um acordo de licenciamento em que a fabricante do ChatGPT pagaria ao jornal por usar suas histórias em suas ferramentas de IA.

Porém, ao que parece, as discussões ficaram tão complicadas que o NYT agora cogita tomar ações legais.

JÁ ROLOU. Em jun.23, um escritório de advocacia da Califórnia, nos EUA, abriu um processo coletivo contra a OpenAI alegando que a inteligência artificial da empresa violou os direitos autorais e a privacidade de muitos usuários ao utilizar dados públicos da internet para treinar o modelo.

Via NPR (em inglês)

Texto Sofia Schurig
Edição Alexandre Orrico

OpenAIInteligência ArtificalChatGPT
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.