Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Um projeto de lei (PL n.4730/2023) pretende classificar o uso da inteligência artificial como agravante da pena para crimes no Código Penal.

Como justificativa, o texto inicial da proposição menciona o “estelionato cometido através do aplicativo whastapp [sic] e outras redes sociais, onde o criminoso, após clonar o número da vítima, passa-se por ela pedindo dinheiro para a maioria dos contatos salvos ali”.

A proposição, de autoria do Delegado Palumbo (MDB-SP), não menciona exemplos de casos.

Texto Sofia Schurig
Edição Alexandre Orrico

selo do legislatech

Legislatech
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.