Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

A Meta está animada com o Vision Pro, novo headset de realidade mista da Apple, de US$ 3.499, que será lançado na sexta (2.fev) nos EUA.

O QUE HOUVE? O Wall Street Journal ouviu fontes próximas a executivos da Meta que afirmam que eles estão empolgados com o Vision Pro.

A entrada da Apple no segmento seria uma validação da aposta de Mark Zuckerberg no “metaverso”, feita em 2021.

Até agora, o metaverso da Meta já consumiu US$ 50 bilhões. A divisão ainda representa menos de 1% da receita total da empresa.

INFLUÊNCIA. As mesmas fontes do WSJ dizem que o anúncio do Vision Pro pela Apple, em jun.2023, influenciou o marketing da Meta.

Até então, a empresa focava em realidade virtual e experiências imersivas.

No Vision Pro, o foco está na chamada “realidade mista”, que permite enxergar, via câmeras externas, o que está acontecendo ao redor.

O QUE VEM POR AÍ. Textos encontrados no aplicativo para iOS do Quest, da Meta, sugerem que em breve será possível enviar “vídeos espaciais” do iPhone para a nuvem da Meta, para serem vistos nos headsets Meta Quest.

Vídeos espaciais são um novo formato da Apple para vídeos imersivos. É possível criá-los com um Vision Pro (não faça isso) e os últimos modelos de iPhone, 15 Pro e 15 Pro Max.

Via Wall Street Journal, @M1Astra/X (ambos em inglês).

Post feito em parceria com o Manual do Usuário

MetaAppleManual do Usuário
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.