Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

A equipe de sustentabilidade do Twitter havia criado a conta @TwitterEarth dias antes da COP27, evento realizado no Egito que reúne os principais líderes globais para falar de mudanças climáticas.

Mas a inatividade do perfil chamou a atenção – ao que tudo indica, Elon Musk demitiu a equipe por trás do projeto.

O QUE ROLOU? Com a bio "unindo vozes por um futuro melhor", a conta do @TwitterEarth iria ser usada para divulgar informações relevantes sobre a COP27. Pouco antes antes do evento começar, em 6.nov, o perfil parou de publicar.

A Vice identificou que dois ex-líderes do time de sustentabilidade da empresa publicaram postagens se despedindo da rede, usando a #LoveWhereYouWorked, hashtag usada por ex-funcionários para anunciar suas demissões.

As demissões em massa na empresa começaram em 4.nov, atingindo 3,7 mil pessoas, ou 50% de todos os funcionários da empresa.

DESINFORMAÇÃO. Em 8.nov, cientistas climáticos alertaram que as novas políticas de liberdade de expressão extrema idealizadas por Musk podem levar a um maior compartilhamento de desinformação sobre as mudanças climáticas no Twitter.

A empresa tinha um histórico positivo no seu posicionamento em relação às mudanças climáticas, chegando a banir em abril anúncios que questionassem a existência ou espalhassem desinformação em geral sobre o clima.

Edição Sérgio Spagnuolo
DemissõesTwitter/X
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.