Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

O investidor de tecnologia Keith Rabois acusou a Meta e a Google de contratarem milhares de funcionários para fazerem “trabalho falso” e preencherem uma “métrica de vaidade” de contratações. Rabois foi um dos executivos do Paypal no começo dos anos 2000.

Falando por vídeo em um evento em Miami, ele também atribuiu a culpa pelas demissões em massa na indústria de tecnologia às próprias big techs por conta de uma “super contratação” desnecessária e elogiou Elon Musk, que já demitiu mais de 4 mil funcionários do Twitter desde nov.2022 — a empresa passou de 7,5 mil funcionários globalmente para 2 mil.

Rabois também afirmou que o Google contratou propositalmente mais engenheiros do que o necessário visando impedir que eles fossem para outras empresas.

Texto Sofia Schurig
Edição Laís Martins




DemissõesMetaGoogle
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.