Bolsonaristas tentam criminalizar a abreviação CPX

As letras no boné usado por Lula são uma referência ao Complexo do Alemão, mas apoiadores do atual presidente tentaram associá-las ao Comando Vermelho #NúcleoNasEleições

Receba de graça a newsletter Garimpo


Nesta quarta-feira (12.out), o Lula fez campanha no Complexo do Alemão, no Rio, usando um boné com as letras CPX.

O influenciador bolsonarista Leandro Ruschel, que já não sabe fazer churrasco, fingiu não saber o que é CPX.

CPX é só uma abreviação de "complexo", termo usado para se referir a comunidades do Rio, como a do Alemão.

Mas alguns apoiadores do atual presidente tentaram criar um factoide, associando as letras ao Comando Vermelho. Entre eles, André Porciuncula, ex-secretário da Lei Rouanet e candidato derrotado a deputado federal, e o filho mais velho do presidente, o senador Flavio Bolsonaro.

O assessor da presidência Filipe G. Martins, conhecido como Sorocabannon, deletou seu tweet com a mentirinha. Mas, até a manhã desta quinta-feira (13), vários outros posts com a fake news continuavam no ar.

Talvez tenha sido uma tentativa de abafar o vexame dos bolsonaristas em Aparecida.

O boné foi um presente do Rene Silva, fundador da ONG Voz das Comunidades. A história toda está explicada neste vídeo:

Se as letras fossem CPCBN, IPNM ou mesmo VVNDSDBRR, talvez os bolsonaristas não enxergassem problema, mas estou só especulando.

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca