Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Deu no G1: um médico da rede pública de Osasco (SP) foi demitido depois de receitar "sorvete de chocolate duas vezes por dia + Free Fire diário" a uma criança de nove anos que estava com sintomas gripais. Free Fire é um game de tiro bastante popular entre jogadores mirins.

O profissional indicou também remédios de verdade, mas a mãe não gostou da brincadeira: disse que ele estava debochando do garoto.

Nas redes, porém, muitas pessoas defenderam o médico.

"Qual o problema? A medicação tá toda aí, foi só uma forma divertida e humana de aliviar a situação, até uma forma de se aproximar da criança também (pra elas é muito chato e ruim ir no médico)", diz o comentário mais curtido da notícia no Instagram da Folha.

Mas a prefeitura de Osasco não se comoveu. E afirmou numa nota que "devido à conduta indevida com o paciente e seus familiares e o não esclarecimento das condutas tomadas, o médico foi desligado do quadro de prestadores de serviços."

Twitter/XInstagram
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.