Críticas contra Bolsonaro e manifestantes fazem disparar termo 'AI-5' no Twitter

Análise do Núcleo com 136 mil tweets constatou que uso do termo foi impulsionado principalmente por críticas feitas pela esquerda à manifestação no Dia do Exército

De tempos em tempos manifestantes pró-Bolsonaro pedem a volta do Ato Institucional Nº 5. No domingo 19 de abril, Dia do Exército, não foi diferente. Mas o termo "AI-5" disparou no Twitter não pelos perfis de seus defensores, e sim por seus críticos.

Análise do Núcleo com 136 mil tweets com esse termo mostrou que as principais publicações, aquelas com mais interações (curtidas e retuítes), se posicionaram majoritariamente contra o instrumento que tirou liberdades democráticas na década de 1960.

Dos 100 tweets com mais engajamento, 76 foram desfavoráveis ao AI-5, ao passo que 14 minimizam os protestos favoráveis e apenas sete foram a favor.

top 100 tweets categorizados

É importante porque...
  • O Twitter sempre foi importante para a comunicação de Bolsonaro, inclusive em busca de apoio. Perder a conversa lá significa enfraquecimento dele em um de seus principais canais
  • Boa parte das autoridades se comunica com suas bases pelo Twitter, que se tornou um termômetro de discussão política e de assuntos do momento no país, pautando autoridades, imprensa e o debate em geral

No total, foram contabilizadas 1,63 milhão de interações nos 136 mil tweets. Os 100 maiores tweets foram responsáveis por 1,2 milhão de interações, o que indica um grande número de publicações com pouca ou nenhuma interação.

As críticas de ativistas, políticos e personalidades da esquerda serviram para impulsionar o uso do termo na rede social, especialmente para criticar a postura do presidente.

Jair Bolsonaro fez um breve discurso no evento realizado à frente do Quartel-General do Exército, em Brasília, com a presença de manifestantes que seguravam cartazes a favor da intervenção militar e do AI-5, e pediam pela saída do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

O termo Ai-5 teve uma permanência pequena, mas constante, no Twitter pelo menos desde o dia 12, chegando a quase 6.000 tuítes por hora no fim da tarde de domingo.

Os dados consideram apenas tweets únicos, ou seja, sem considerar retweets e seus comentários. Isso serve para medir a espontaneidade de cada tweet, em vez da reação das pessoas a eles. Os trending topics do Twitter consideram retuítes em suas contas sobre o montante de publicações, o que infla o número de tweets realmente originais.

serie tempora de tweets

Principais tweets

  • Com mais interações no geral
Soltei o berrante na cara dos gado que pedia AI-5 agora em Brasília, tentaram quebrar meu carro mas não fizeram nem cosquinha. pic.twitter.com/HrKepFjsRF April 19, 2020

Pró-Ai-5 com mais interações

Galera que tá no #TchauMaia e no AI-5 por favor, não esqueçam que se o @davialcolumbre não pautar a carteira verde e amarela amanhã ela vai caducar e a chance de empregar milhões no pós vírus Chinês vai pelo ralo! Eles querem o caos econômico, não deixem de cobrar o Alcolumbre!! 🇧🇷❤️  April 19, 2020
  • Tweet que minimiza o AI-5 com mais interações
Impressionante a canalhada querendo desqualificar manifestações a favor de Bolsonaro e contra arroubos de Rodrigo Maia como se fossem atos pelo ai-5, ou contra o Congresso.
Democracia pulsando forte, povo mandou seu recado hoje. April 20, 2020


Na imprensa

METODOLOGIA

O Núcleo capturou cerca de 136 mil tweets com o termo 'AI-5' e variações ortográficas entre dias 11 e 20 de abril, utilizando a API gratuita do Twitter. O código para extração pode ser encontrado aqui.

Com a finalidade de manter a privacidade de usuários com perfis pouco notórios, o Núcleo não vai divulgar a base total com, os dados brutos – cada pessoa pode rodar o código de extração para obter esses resultados. Os dados com os 100 tweets mais populares e a série temporal podem ser acessados aqui.

A conta considera apenas tuítes únicos, ou seja, exclui retuítes e respostas a tuítes. Isso porque queremos medir a espontaneidade de publicações sobre o tema.

Análise Renata Hirota
Gráficos e edição Sérgio Spagnuolo
Arte Rodolfo Almeida


Faça parte da conversa

Reações de apoiadores
carregando reações...

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca