Na verdade, a qualidade da conexão à internet parece ter melhorado na quarentena
Arte: Rodolfo Almeida

Dados da Ookla/Speedtest mostram leve melhora na velocidade de download desde o começo da epidemia no Brasil

No começo das políticas de isolamento social no Brasil, com a maioria das pessoas confinadas em suas casas, utilizando banda-larga para trabalho, teleconferências e streaming, houve preocupações (e até afirmações) iniciais de que a qualidade da banda larga residencial pudesse definhar.

Mas, de acordo com dados divulgados pela empresa de métricas de internet Ookla, que possui uma das mais populares ferramentas de teste de velocidade de banda larga do mundo, na verdade a qualidade da internet parece ter até melhorado um pouco até agora (13/05/2020), contrariando previsões e a percepção de muitas pessoas.

bl_fixo_materia


É importante porque...
  • Com mais pessoas utilizando banda larga residencial, a qualidade da conexão à internet é chave para economia

  • Mesmo com pressão sobre as redes, setor parece ter estar se saindo bem (até 13/05/2020)


Esses dados corroboram um estudo do NIC.br datado de 9 de abril, no qual foi constatado que houve pouca mudança na qualidade da banda larga no país em geral até o começo daquele mês.

Isso significa que medidas colocadas em prática por empresas de telefonia e de internet para mitigar o aumento na demanda doméstica surtiram certo efeito. Globo, Netflix, Facebook e Instagram, por exemplo, reduziram a qualidade do streaming no país a fim de evitar uma sobrecarga na rede.

Em nota enviada ao Núcleo dia 19 de março, o SindiTeleBrasil, sindicato patronal que reúne as principais operadoras de telefonia do país, informou que "a ampliação da velocidade será disponibilizada gradativamente e eventualmente onde for preciso, dentro das normas de segurança de operação das redes de cada operadora."

Até mesmo a internet móvel parece ter tido alguma melhora, após uma ligeira degradação em março.

bl_mobile_materia

Mas isso tampouco significa ausência de problemas para o setor.

A combinação de aumento na utilização doméstica e da onipresença de serviços de internet na vida das pessoas, na qual elas precisam constantemente de conexão, parecem ter gerado uma percepção oposta para muitos, com uma alta considerável de reclamações de 32% na Anatel. Além disso, o tráfego de fato aumentou consideravelmente em abril.

METODOLOGIA

O Núcleo se baseou nos dados disponibilizados pela Ookla, que podem ser encontrados neste link.

A Ookla é uma referência na mensuração de qualidade de banda larga em todo o mundo, com mais de 28 bilhões de testes realizados com sua ferramenta SpeedTest. A metodologia deles pode ser encontrada aqui.

Texto Sérgio Spagnuolo
Gráficos Sérgio Spagnuolo
Arte Rodolfo Almeida
Edição Alexandre Orrico


Faça parte da conversa

Reações de apoiadores
carregando reações...

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca