Veja as empresas citadas por Moraes para fazer valer bloqueio do Telegram

Para fazer valer essa decisão, é necessário que várias empresas cumpram a determinação. Veja 9 delas.

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes solicitou às plataformas e provedoras de internet que inviabilizem o uso do Telegram em território brasileiro, atendendo a um pedido da Polícia Federal.

Moraes determina bloqueio do Telegram
Decisão determina suspensão total do Telegram no Brasil e condiciona o fim do bloqueio ao cumprimento de medidas judiciais

Para fazer valer essa decisão da forma como foi apresentada, é necessário que várias empresas cumpram a determinação.

Em sua decisão, Moraes intimou nominalmente 9 empresas, além do Telegram. São elas:

Tecnologia

Ordem para "inviabilizar a utilização do aplicativo" do Telegram

  • Apple
  • Google
Telecomunicações

Inserir "obstáculos tecnológicos" para utilização do Telegram

  • Algar Telecom
  • Oi
  • Sky
  • TIM
  • Vivo
  • Net Virtua
  • GVT
Texto Sérgio Spagnuolo
Edição Laís Martins

Texto atualizado às 17h24 de 18.mar.2022 para refletir a seguinte correção: terceiro paragrafo da versão anterior dizia que foram 12 empresas citadas por Moraes na decisão, mas na verdade foram 9.



Faça parte da conversa

Reações de apoiadores
carregando reações...

Apoie o Núcleo para publicar seu comentário, reagir à matéria e participar da conversa. Caso já seja apoiador ou apoiadora, faça login abaixo sem senha, usando apenas seu email.


Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.