Musk volta atrás e propõe comprar Twitter de novo

A novela continua: segundo a Bloomberg, Musk propôs comprar o Twitter pelo valor original que ofereceu, cerca de US$44 bilhões

Elon Musk voltou atrás, e voltou atrás com força. De acordo com a agência de notícias Bloomberg, o bilionário sul-africano enviou uma carta ao Twitter propondo honrar a compra da empresa pelo preço original.

ATUALIZAÇÃO (16h35): Clique aqui para ler a íntegra da carta que Musk enviou à SEC.

O QUE HOUVE? No longínquo mês de abril deste ano, Musk havia feito uma oferta para comprar o Twitter pagando US$ 54,20 por ação, o que dá cerca de US$ 44 bilhões.

Depois o arrependimento bateu. Musk inventou umas desculpas esfarrapadas e, em julho, anunciou a desistência do negócio.

Já era tarde demais. O Twitter levou o caso à Justiça, num processo que, segundo analistas, poderia se arrastar por meses, com grandes chances de Musk perder.

E AGORA? A proposta deve evitar a fadiga e, possivelmente, gastos ainda maiores para o homem mais rico do mundo, que já havia assegurado a fortuna para a compra do Twitter via empréstimos bancários e vendas de ações da Tesla.

As informações ainda são escassas, mas o mercado reagiu prontamente: logo após a divulgação da notícia, os papéis do Twitter na Bolsa de Nova York dispararam.

Via Bloomberg (em inglês).

Post feito em parceria com o Manual do Usuário

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca