Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

O Ministério da Justiça e Segurança Pública convocou uma reunião com as plataformas digitais para a tarde desta segunda-feira (10.abr.2023), a fim de discutir a criação de um protocolo de ação entre redes sociais, secretarias de segurança pública e o ministério contra ameaças de ataques em escolas.

A reunião será às 15h, na sede do ministério, com presença virtual.

GT. A reunião é parte do trabalho conduzido pelo grupo de trabalho interministerial, liderado pelo Ministério da Educação, que trabalhará para elaborar uma política nacional de enfrentamento à violência nas escolas.

O grupo se reuniu pela primeira vez na última quinta-feira, 6.abr.2023, após o ataque em uma creche em Blumenau.

CENÁRIO REGULATÓRIO. "Vamos conduzir reuniões para as plataformas serem chamadas a terem mais cuidado, chamado o dever de cuidar. Temos o debate no Congresso, nós acreditamos na responsabilidade ou na autorregulação. Assim como as plataformas atuam eficientemente em relação ao combate à pedofilia, por exemplo, é essencial que eles também monitorem a circulação desses outros conteúdos criminosos", afirmou o ministro Flávio Dino.

Sem moderação, Twitter tolera apoio a massacres escolares
Comunidade que exalta assassinos e massacres também usa rede social para tentar formar “duplas” para novos atos de violência
Texto Sofia Schurig
Edição Sérgio Spagnuolo
Regulação
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.