Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

O Google moveu um processo na última segunda-feira (13.nov) contra golpistas na Índia e no Vietnã que estavam promovendo anúncios falsos no Facebook relacionados ao Bard, o chatbot de inteligência artificial da empresa.

ENTENDA. Os anúncios promoviam o download de uma suposta versão do Bard. Uma vez que o “chatbot” era baixado, os dispositivos eram infectados com malware que tinha como objetivo controlar as redes sociais das vítimas.

Os invasores, então, utilizavam as redes para disseminar mais anúncios sobre o malware, de acordo com o Google. O número exato de vítimas não foi divulgado, mas funcionários da empresa afirmam ter registrado 300 pedidos de remoção de diferentes anúncios.

SAIBA MAIS. Em outubro, o Núcleo reportou sobre um app que fingia usar a “IA do Google” para caçar cupons de desconto na internet que supostamente poderiam ser resgatados via PIX. Centenas de consumidores relataram ter perdido quantias que variam de R$97 a até R$300.

App que finge usar ‘IA do Google’ em busca de cupons dá calote em usuários
“Códigos Lucrativos” diz ter cupons para lojas como Shopee, Nike e MagazineLuiza e anuncia agressivamente nas redes da Meta

Via Wall Street Journal (em inglês)

GoogleBardInteligência ArtificalMetaFacebook
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.