Hack no Instagram tá com tudo em 2022

Número de reclamações em redes sociais triplicou no comparativo entre janeiro de 2021 e janeiro de 2022

Culpe o que quiser – engenharia social, falha em operadoras ou ausência de identificação de dois fatores – mas o número de reclamações por contas hackeadas no Instagram disparou no Brasil nos últimos meses.

Segundo análise do Núcleo baseada em reclamações ou relatos de hack publicados via Twitter, Facebook e Instagram entre janeiro de 2021 e janeiro de 2022, o número de queixas triplicou no Twitter e dobrou nas redes da Meta, o que indica uma maior atividade de criminosos buscando roubar contas.

Um golpe comum dos hackers é usar a conta roubada para publicar anúncios falsos de vendas, com itens como computadores, televisões e até móveis, e, valendo-se da rede de confiança daquela pessoa, realizar a "venda" via PIX de laranjas.

Número de reclamações por rede social e ano

ano-mes reclamações rede
jan. de 2021 80 Facebook e Instagram
fev. de 2021 36 Facebook e Instagram
mar. de 2021 66 Facebook e Instagram
abr. de 2021 51 Facebook e Instagram
mai. de 2021 45 Facebook e Instagram
jun. de 2021 67 Facebook e Instagram
jul. de 2021 44 Facebook e Instagram
ago. de 2021 98 Facebook e Instagram
set. de 2021 98 Facebook e Instagram
out. de 2021 78 Facebook e Instagram
nov. de 2021 127 Facebook e Instagram
dez. de 2021 275 Facebook e Instagram
jan. de 2022 260 Facebook e Instagram
fev. de 2022 193 Facebook e Instagram
jan. de 2021 115 Twitter
fev. de 2021 89 Twitter
mar. de 2021 134 Twitter
abr. de 2021 122 Twitter
mai. de 2021 138 Twitter
jun. de 2021 97 Twitter
jul. de 2021 95 Twitter
ago. de 2021 158 Twitter
set. de 2021 137 Twitter
out. de 2021 155 Twitter
nov. de 2021 479 Twitter
dez. de 2021 348 Twitter
jan. de 2022 469 Twitter
fev. de 2022 454 Twitter

No Reclame Aqui, foram registradas 993 reclamações sobre o Instagram entre 8 e 12.fev deste ano, sendo pelo menos 25% das queixas (251) foram sobre contas hackeadas na plataforma nesse período, segundo levantamento do Núcleo com dados do site.

Entre os problemas destacados individualmente no site do Reclame Aqui, o de perfil hackeado fica em segundo lugar, após suspensão ou banimento de um perfil.

A coisa tá ficando tão grave que o Facebook Brasil foi condenado pela justiça do Distrito Federal a pagar indenização de R$4 mil por danos morais a uma usuária que teve a conta do Instagram hackeada.

A defesa do Facebook defendeu-se no processo alegando que a responsabilidade de segurança era da usuária, que não usava identificação de dois fatores (quando se usa uma camada a mais de segurança, tipo uma mensagem de confirmação).

Questionada sobre o assunto, a assessoria de imprensa do Instagram disse por email não ter dados referentes a números de contas hackeadas ou pedidos de recuperação para compartilhar, e afirmou que está recorrendo da decisão judicial no caso acima.

Em um tom mais genérico, mandou essa resposta:

"Phishing e hacking existem desde o começo da internet, mas as pessoas por trás desses tipos de golpe estão sempre diversificando suas formas de burlar as proteções impostas por plataformas e sites. Sabemos que perder o acesso a contas em qualquer plataforma digital pode ser uma experiência difícil."

"Por isso, o Instagram trabalha de forma contínua na implementação e aperfeiçoamento de recursos de segurança capazes de proteger a conta dos usuários e barrar o acesso de hackers a contas de terceiros, como a autenticação de dois fatores e Solicitação de Login, em campanhas educativas de identificação e prevenção a esse tipo de ataque, bem como em ferramentas e processos para a recuperação de contas da plataforma."

Veja na íntegra a resposta do Instagram sobre hack de contas
“Não temos dados referentes a números de contas hackeadas ou pedidos de recuperação para compartilhar”, disse a empresa
Sofri hack, e agora?

Em resposta ao Núcleo, o Instagram destacou uma série de três vídeos feitos em parceria com a ONG SaferNet, com objetivo de promover segurança online.

Os vídeos são:
Phishing | Como evitar golpes no Instagram
Você sabe o que é autenticação de dois fatores?
Proteja-se de phishing e golpes

Links importantes da Central de Ajuda do Instagram:
Contas invadidas
Como faço para evitar fraudes no Instagram?
Acho que minha conta do Instagram foi invadida.

COMO FIZEMOS ISSO

Fizemos um levantamento manual por quatro dias (8-12.fev) na página do Instagram no Reclame Aqui, e também utilizou os dados destacados pelo site.

Também pesquisados reclamações feitas no Facebook e no Instagram utilizando a ferramenta CrowdTangle, que percente à Meta e permite explorar dados de suas plataformas.

Os dados de Twitter foram fornecidos ao Núcleo via API de busca acadêmica do Twitter pelo jornalista Marcelo Alves, professor do Departamento de Comunicação da Puc-Rio. A consulta foi: (conta OR perfil) AND (hack OR hackeada OR hackeado) AND instagram -is:retweet.

Os dados agregados tabelados pelo Núcleo podem ser encontrados aqui.

Análise Sérgio Spagnuolo
Colaboração Lucas Lago e Henrique Rieger
Edição Alexandre Orrico

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca