Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

O assistente virtual do Google agora estará integrado à inteligência artificial que alimenta o Bard, chatbot da BigTech.

O Bard é alimentado pela LaMDA, abreviação em inglês para “modelos linguísticos para aplicações de diálogo”, uma tecnologia de linguagem usada pelo Google para prever frases que os seres humanos utilizariam em pesquisas.

ENTENDA. A nova versão, chamada Assistente com Bard, poderá acessar aplicativos do ecossistema Google, como Gmail e Google Drive, para fornecer respostas personalizadas, com permissão prévia dos usuários. As pessoas poderão fazer perguntas relacionadas a e-mails e arquivos, por exemplo.

Bard, a IA do Google, é reformulada e ganha ferramenta de verificação de respostas
Apesar de estar disponível para usuários em mais de 200 países, o Google considera o Bard um “experimento”, não um produto totalmente finalizado.

COMO USAR? Será possível interagir com o assistente via voz, digitação ou o Google Lens pela câmera. A implementação do Bard no assistente começará em mercados e idiomas específicos, com expansão gradual para iOS e Android.

Via Business Insider (em inglês)

GoogleBard
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.