Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

O Discord está demitindo 170 pessoas, equivalente a aproximadamente 17% de seus funcionários, representando o maior corte de pessoal na empresa até agora, desde a redução de 40 pessoas em ago.23.

A Amazon e o Google também anunciaram grandes reduções no quadro de funcionários nesta semana.

“FOCO”. O CEO, Jason Citron, falou sobre as demissões via comunicado interno e justificou os cortes como uma medida para aprimorar o foco e a colaboração interna, visando maior agilidade na organização.

Na mensagem, ele destacou o rápido crescimento do quadro de funcionários, resultando na necessidade de tornar as operações mais eficientes. Uma frase semelhante já foi usada por Mark Zuckerberg, da Meta, para justificar demissões em massa.

BENEFÍCIOS. Os funcionários afetados receberão cinco meses de salário, acrescidos de uma semana adicional para cada ano completo de serviço na empresa. Eles também terão garantidos cinco meses de benefícios continuados e acesso ininterrupto ao plano de saúde corporativo até o final do ano, entre outros benefícios.

Via The Verge (em inglês)

DemissõesDiscord
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.