Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

O Núcleo foi um dos veículos selecionados para a fase de mentoria e apoio financeiro do Programa Acelerando a Transformação Digital - Educação Midiática e Combate à Desinformação, criado e administrado pelo International Center For Journalists (ICFJ) e financiado pelo Meta Journalism Project.

O objetivo do programa é apoiar projetos que envolvem educação midiática e os esforços no combate à desinformação no Brasil. Para o desenvolvimento do nosso projeto, o Núcleo receberá apoio de US$15 mil e dois meses de mentoria com especialistas na área de mídia.

Disclaimer importante

A Meta (ex-Facebook) é uma das empresas que Núcleo cobre, e de forma alguma a seleção para esse projeto tem qualquer efeito nessa cobertura.

Veja aqui nossa cobertura da empresa, assim como as reportagens publicadas sobre cada uma das redes sociais da Meta: Facebook, Instagram e WhatsApp.

O Núcleo foi um dos primeiros veículos brasileiros a fazer parte do Facebook Papers, consórcio internacional de veículos que tiveram acesso aos documentos revelados pela whistleblower Frances Haugen, ex-gerente de produtos da equipe de integridade cívica da rede social. 

A partir dos documentos, publicamos uma série de reportagens, como a conclusão interna de que o Brasil está entre os países mais suscetíveis a danos provocados por conteúdos violentos na rede, sobre como justiça racial não era uma preocupação no Facebook (em parceria com a Folha de S. Paulo) e sobre a rede tolera grupo extremista mesmo após alerta de funcionários (em parceria com Aos Fatos).

A seleção para esse projeto foi feita pelo International Center For Journalists (ICFJ), uma organização independente que apoia jornalismo em diversos países.

A iniciativa faz parte do programa lançado em 2021, desenvolvido em parceria com diversas associações brasileiras de jornalismo como Ajor (da qual o Núcleo faz parte), ANJ, Aner, ABERT e Abraji. Ao longo do programa, foram realizadas sessões de treinamento para mais de 450 veículos do Brasil. Destes, 65 organizações e 80 jornalistas independentes foram beneficiados com mentorias e fundos de inovação.

Nesta fase de apoio à iniciativas de Educação Midiática e Combate à Desinformação, além do Núcleo, foram selecionados projetos de: Agência Saiba Mais, Agência Tatu de Jornalismo de Dados, Associação O Eco, Grupo Arauto de Comunicação, Fauna News, Jornal Atual, Jornal Cidade do Rio Claro, Jornal do Comércio, Jornal Folha do Mate, Jornal Plural, Marco Zero Conteúdo, Nonada Jornalismo, O Estafeta e Periferia em Movimento.

SOBRE O PROJETO DO NÚCLEO

Vamos criar uma uma ferramenta de código aberto, a ser amplamente utilizada pela imprensa brasileira na cobertura eleitoral de 2022, para monitoramento político no Telegram.

Essa ferramenta irá monitorar os canais oficiais no Telegram dos candidatos à presidência do Brasil em 2022.

Com uma coleta de dados feita minuto a minuto e uma interface amigável, será possível analisar o conteúdo compartilhado nesses canais de forma ágil e intuitiva. O objetivo é facilitar análises de discurso, checagens de informação, acompanhamento de conteúdos editados ou apagados pelos políticos e visualização do desempenho no engajamento da comunicação política no Telegram.

Com o crescimento do uso do Telegram no Brasil e o impacto crescente das redes sociais nas campanhas eleitorais, é evidente a necessidade do olhar atento da imprensa ao que é compartilhado diariamente nessa rede. O espaço permite a comunicação direta com a base de eleitores e alcança uma audiência ilimitada de seguidores.

Então, com foco na corrida eleitoral de 2022, o Núcleo vai desenvolver um produto que facilite o monitoramento e checagem do conteúdo disseminado nos canais oficiais dos principais candidatos ao governo federal no Telegram, assim como o acompanhamento do alcance das mensagens ali transmitidas.

Um grande diferencial da ferramenta será a parceria com o Projeto 7c0, que nos permitirá divulgar tudo o que for editado ou apagado nas mensagens transmitidas nesses canais oficiais. A funcionalidade será de extrema importância no acompanhamento das campanhas de desinformação política nos próximos meses.

Edição Sérgio Spagnuolo
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.