Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Se no fim de 2021 meu sócio Sérgio Spagnuolo escreveu um texto impressionado com nossos 100.000 leitores, dois anos depois fico feliz em colocar um zero a mais ao fim desse número: nos últimos doze meses o conteúdo do Núcleo alcançou mais de 1.000.000 de pessoas no site!

Nosso crescimento em volume trouxe muito impacto. A cobertura especializada do Núcleo atraiu a atenção de órgãos como o Ministério da Justiça e Segurança Pública e a Defensoria Pública de São Paulo, que nos procuraram para entender melhor como os envolvidos em tiroteios em escolas se organizavam por redes sociais.

Ou ainda em como forças policiais da Paraíba deflagaram, após reportagem que publicamos aqui em primeira mão, ação para derrubar um site usado para cultuar estes mesmos massacres escolares. 

Além de influenciar autoridades e políticas públicas, nós contribuímos para colocar as plataformas na linha: o YouTube deletou mais de 100 vídeos após apontarmos dezenas de vídeos que ensinavam montar armas de fogo, e o Google removeu o ICQ da Play Store no Brasil após especial nosso com denúncias sobre exploração sexual infantil na plataforma.

Veja mas exemplos do nosso impacto aqui:

Nosso impacto
Saiba como o jornalismo do Núcleo teve efeito
Apesar de tudo isso, não foi um ano fácil. Manter uma organização de jornalismo independente é puxado.

Por mais que a gente estude, ainda faltam referências sobre como sustentar financeiramente uma redação no Brasil, principalmente para quem ainda teima em fazer jornalismo ético, que não topa qualquer coisa para caçar um clique.

🦠
Foi mais um ano sem usar banners da Taboola, aqueles anúncios pestilentos cheios de desinformação, que estão em tudo quanto é canto, do Metrópoles à Folha, do Estadão ao Globo.

Mas o nosso esforço rendeu resultado e no segundo semestre deste ano atraímos mais financiamento. O mais expressivo deles foram os quase R$1 milhão da Luminate, uma organização alinhada com o que queremos construir aqui de forma séria e independente, para que continuemos com nossas investigações e aplicações tecnológicas.

Renovamos também nossa parceria com o Serrapilheira, apoiadora de nossas iniciativas voltadas à ciência – como newsletter Polígono, especializada em explorar e analisar o debate científico nas redes.

Núcleo recebe financiamento da Luminate
Grant de US$190 mil será usado para desenvolvimento institucional da organização e fortalecer a inovação em novos formatos de jornalismo.
Núcleo Jornalismo
Instituto de financiamento e apoio à pesquisa e divulgação científica no Brasil

JORNALISMO + TECNOLOGIA

Em 2023 o Núcleo desenvolveu uma ferramenta interna tão tubarão (🦈) que decidimos transformar em um produto: O Legislatech, fruto da mente brilhante da nossa equipe de tecnologia, liderada pelo Felippe Mercurio, também sócio do Núcleo.

Ele é uma plataforma desenvolvida para monitorar a Câmara dos Deputados, o Senado, o Poder Executivo, assembleias legislativas e governos regionais em busca de assuntos do seu interesse, vasculhando documentos publicados e gerando conhecimento que pode ser transformado em ações.

Legislatech
Acompanhe a Câmara dos Deputados, o Senado, o Poder Executivo e assembleias legislativas em busca de assuntos do seu interesse, economizando seu tempo

O Legislatech é uma das nossas grandes apostas para 2024, a fim de criamos receita recorrente capaz de apoiar nossa produção jornalística. Esse modelo híbrido, de produção de conteúdo + construção de tecnologia é um dos diferenciais de nossa empresa e vamos continuar apostando nossas fichas nele no ano que vem.

CHEGA MAIS, 2024 

Se 2023 foi um ano de crescimento e impacto, o foco em 2024 será em profissionalização completa de nossa organização. Planejamos:

  • Estabelecer um conselho independente;
  • Priorizar a produção de conteúdo autoral e exclusivo, que continuem pautando debates e impactando políticas públicas;
  • Fortalecer nossa área de tecnologia, com foco em Legislatech e Nuclito, nosso robozinho de inteligência artificial;
  • Reformular e atualizar o visual de nossas newsletters;
  • Lançar nosso próprio Manual de Redação, que ficará público;
  • Desenvolver novos produtos, como podcast próprio;
  • Criar uma área de cursos, tanto de jornalismo quanto de tecnologia.

Foi um ano incrível e temos muito orgulho do que construímos. Nada do que escrevi aqui seria possível sem o comprometimento de nossa fantástica equipe, que é 100% remota e está espalhada pelo Brasil, mas que sinto que está mais unida do que nunca.

Você pode conferir mais sobre nossas estrelas aqui:

Equipe do Núcleo
O Núcleo é composto por pessoas comprometidas com o jornalismo e que possuem experiência em reportagem, análise de dados, investigação, estratégia digital e produtos editoriais.

Se você ou sua organização quer fazer parcerias conosco, mande um email para [email protected], [email protected] ou [email protected].

Se você só quer ajudar a gente, considere nos apoiar aqui.

Por Alexandre Orrico
Edição Sérgio Spagnuolo
Acesse o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.