Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Projetos de inteligência artificial feitos a partir dos novos modelos de linguagem (LLMs) têm começado a surgir no jornalismo brasileiro, com diversos lançamentos de produtos afiados nas últimas semanas.

Fizemos uma lista com os quatro principais projetos lançados recentemente no Brasil.

[DISCLAIMER: No fim de ago.2023, o Núcleo anunciou o lançamento do Nuclito, um bot de IA (que usa o modelo GTP-4, da OpenAI) treinado apenas no nosso conteúdo.]

REPORTAGENS PARA OUVIR. A Agência Pública lançou recentemente um projeto para transformar reportagens em áudio usando inteligência artificial. Testamos aqui, e podemos dizer que está tão afiado como uma faca ginsu.


FÁTIMAGPT. O Aos Fatos, uma das organizações independentes de jornalismo que mais investem em inovação no Brasil, trouxe LLM para seu bot Fátima, uma robozinha simpática pra ajudar no combate à desinformação que até até prêmio, já venceu. Nos testes que fizemos, cortou até um pedaço do dedo na hora de digitar, de tão afiado.


SURURUBOT. A Agência Tatu, baita organização de jornalismo de dados de Alagoas com foco de cobertura no Nordeste, lançou um bot para escrever conteúdos semanais sobre as vagas de emprego em Maceió. Iniciativa show, que merece o selo "Peixeira de Ouro" de tão afiada.


LEIA. No fim de out.2023, o Estadão lançou um bot de IA muito charmoso que retorna informações sobre seu conteúdo de tecnologia. A ideia é trazer, eventualmente, tudo o que o Estadão publicar – uma base centenária de conhecimento que amola qualquer facão.


>>> BÔNUS. O UOL lançou um plugin para assinantes da versão paga do ChatGPT (o Plus) para buscar por notícias no Brasil. <<<

Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.