Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

O Núcleo é um dos veículos brasileiros selecionados para a fase de mentoria do programa Acelerando Negócios Digitais, criado e administrado pelo International Center For Journalists (ICFJ) e financiado pelo Meta Journalism Project.

A equipe do Núcleo receberá mentorias por cinco meses, além de apoio financeiro de US$15 mil para o desenvolvimento do projeto inscrito.

A seleção para esse projeto foi feita pelo International Center For Journalists (ICFJ), uma organização independente que apoia jornalismo em diversos países.

O programa visa contribuir com a melhoria nos modelos de negócios e a sustentabilidade financeira de organizações de mídia no país. A iniciativa foi desenvolvida em parceria com diversas associações brasileiras de jornalismo como Ajor (da qual o Núcleo faz parte), Abraji, ANJ, Aner, ABERT e ABMD.

Ao longo da primeira fase do programa, foram realizadas sessões de treinamento para centenas de veículos do Brasil. Ao final, 80 veículos brasileiros e 80 jornalistas independentes foram beneficiados com a mentoria e o apoio financeiro. A lista completa dos projetos selecionados está neste link.

⚠️
DISCLAIMER
A Meta (ex-Facebook) é uma das empresas sob a cobertura do jornalismo do Núcleo, e de forma alguma a seleção para esse projeto tem qualquer efeito nessa cobertura.

Veja aqui nossa cobertura da empresa, assim como as reportagens publicadas sobre cada uma das redes sociais da Meta: Facebook, Instagram e WhatsApp.

O Núcleo foi um dos primeiros veículos brasileiros a fazer parte do Facebook Papers, consórcio internacional de veículos que tiveram acesso aos documentos revelados pela whistleblower Frances Haugen, ex-gerente de produtos da equipe de integridade cívica da rede social.

A partir dos documentos, publicamos uma série de reportagens, como a conclusão interna de que o Brasil está entre os países mais suscetíveis a danos provocados por conteúdos violentos na rede, sobre como justiça racial não era uma preocupação no Facebook (em parceria com a Folha de S. Paulo) e sobre a rede tolera grupo extremista mesmo após alerta de funcionários (em parceria com Aos Fatos).

SOBRE O PROJETO DO NÚCLEO

Ao longo dos próximos cinco meses, vamos desenvolver o Nuclito, nosso chatbot de Inteligência Artificial (IA). O objetivo é criar uma ferramenta que auxilie os leitores do Núcleo a encontrar informações específicas, verificadas e com contexto sobre redes sociais e big techs.

O Nuclito usará conteúdo do Núcleo como fonte para gerar as respostas aos usuários, garantindo que o conteúdo entregue seja baseado em informações jornalísticas.

Com o produto, será possível perguntar qualquer coisa redes sociais e big techs – seja de comportamento social, movimentação das empresas, novas funcionalidades, moderação de conteúdo ou regulamentação – e encontrar uma resposta precisa e concisa, com explicação de contexto e links de referência.

Dessa forma, Nuclito é uma tecnologia que ajudará a mitigar o problema de desinformação em chatbots, ao fazer com que as respostas da IA sejam baseadas somente em informações de fontes confiáveis.

Além disso, a tecnologia incentiva os usuários a usar o veículo jornalístico como fonte de informação primária na busca por respostas bem elaboradas.

Acesse o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.