De novo, Alexandre de Moraes é o alvo de canais bolsonaristas no YouTube

Canais monitorados pelo BotPonto registraram 315 vídeos citando ministro Alexandre de Moraes depois da prisão de Roberto Jefferson #NúcleoNasEleições

Faltando dois dias para as eleições de segundo turno, o ministro do STF e presidente do TSE, Alexandre de Moraes, é o mais citado em vídeos de canais monitorados pelo BotPonto, aplicação do Núcleo que supervisiona o YouTube em busca de potencial desinformação.

Entre 21.out.22 e 28.out., Moraes foi mencionado mais de 1,5 mil vezes em 315 vídeos de 32 canais diferentes. Nas primeiras semanas de outubro, as menções ao ministro ficaram abaixo de 1 mil. É possível conferir o painel público com as informações do BotPonto aqui.

O canal que mais citou Moraes foi a TV 247, com 65 vídeos. Em seguida, o canal Jovem Pan News e Rede TVT, com 61 e 35 vídeos, respectivamente. O vídeo mais popular citando o ministro é uma matéria em vídeo sobre a prisão de Roberto Jefferson, com 2,1 milhões de visualizações.

BotPonto: Moraes é mencionado 6,4 mil vezes em vídeos
Nos últimos 30 dias, o BotPonto, robô de monitoramento do Youtube do Núcleo, listou 998 vídeos citando o ministro.

Com 1,6 milhão de visualizações, o segundo vídeo mais viral citando Moraes é uma live do Os Pingos nos Is, programa da emissora Jovem Pan. O programa faz comentários elogiosos a Roberto Jefferson e a Jair Bolsonaro, além de críticas ao ministro do STF.

A Folha Política foi o quarto canal a mais mencionar Moraes, com 32 vídeos e 151 menções essa semana. O canal é um um dos desmonetizados pela decisão do TSE. O tribunal afirma que a Folha Política faz parte de um esquema de desinformação eleitoral coordenada.

Com 455 mil visualizações, o vídeo mais viral do canal mencionando Moraes também envolve Roberto Jefferson. A publicação desinforma seus ouvintes ao dizer que Jefferson teria sido preso por “supostamente palavras proferidas em um vídeo”.

Dados e reações dos canais desmonetizados pelo TSE
Alguns seguem publicando vídeos desinformativos, segundo dados do BotPonto, robozinho do Núcleo

Ainda no vídeo, a Folha Política tece críticas ao ministro Moraes, afirmando haver hoje “um grupo de pessoas sendo tratadas como sub-humanos e cidadãos com menos direitos por manifestarem suas opiniões livremente, e apoiarem Jair Bolsonaro”.

O que houve? Em 23.out, Jefferson atirou com fuzil e até granadas em agentes da Polícia Federal que cumpriam mandado de prisão emitido por Moraes. A acusação é de que o ex-deputado teria um arsenal ilegal em casa, acesso às redes sociais enquanto está em prisão domiciliar e também teria planos para tumultuar o segundo turno das eleições.

Veja nossas publicações abertas

Você se inscreveu no Núcleo Jornalismo
Legal ter você de volta! Seu login está feito.
Ótimo! Você se inscreveu com sucesso.
Seu link expirou
Sucesso! Veja seu email para o link mágico de login. Não é preciso senha.
Por favor digite ao menos 3 caracteres 0 Resultados da busca