Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

O bot "Elas no Congresso", do site AzMina, não está conseguindo atualizações desde o dia 23 de junho.

O robô tem como objetivo acompanhar a tramitação de proposições que tratam dos direitos das mulheres no Congresso.

As datas coincidem com a mais recente onda de mudança nas plataformas. que foram de calote no Google, limite diário de visualizações a até apagões ocasionais.

Um geralzão sobre as recentes tretas no Twitter
Calotes, quedas no serviço, limitações na leitura de tweets, migração para outras plataformas…

A razão dessa paralisação é a bagunça generalizada que se transformou o Twitter após a chegada do Elon Musk, que está lentamente paralisando bots do bem desde que passou a cobrar, em fev.23, no mínimo 100 dólares por mês por uma API que até então era gratuita, pública e aberta.

💡

Em poucas palavras, APIs são recursos fornecidos pelo Twitter (ou por qualquer empresa que tenha produtos digitais) para automatizar o uso da ferramenta por terceiros.

Essa API aberta permitiu o Twitter se beneficiar com ecossistema propício para desenvolvedores e que, consequentemente, teve muita oferta de aplicativos terceiros, monitoramentos e, claro, bots.

Em fev.23, organizações e institutos de pesquisa na área de direitos digitais publicaram uma carta pedindo que a empresa garanta que a API continue acessível para acadêmicos, jornalistas e membros da sociedade civil. As demandas não foram ouvidas.

Texto Leonardo Coelho
Edição Alexandre Orrico

Twitter/X
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.