Cadastre-se gratuitamente nas nossas newsletters

Descobrimos que uma rede social alternativa, usada para fazer apologia à violência e incentivar massacres escolares, tem proeminente indexação no mecanismo de busca do Google, mesmo que mostre como "assunto do momento" saudações nazistas e referências a ataques.

O pior do ser humano
Parece que tá liberado o racismo, misoginia, homofobia, neonazismo e incitação à violência e ao suicídio em alguns servidores do Discord. Um dos servidores analisados pela Agência Pública, com cerca de 100 usuários, tem piadas com estupro, pedofilia, necrofilia e suicídio. Os participantes, por exemplo, se orgulham de assistirem e compartilharem conteúdos de abuso sexual com crianças.  

Liberdade x Alcance
O Twitter passará a identificar, com um rótulo, as publicações que ele reduziu a visibilidade e alcance. Ou seja, publicações que violarem as políticas da empresa para discurso violento podem permanecer online, mas com alcance limitado.

Discurso de ódio
A rede ainda removeu proteções para seus usuários transgêneros que estavam em vigor em sua Política de Discurso Violento. Na seção que proíbe ataques a usuários com insultos e preconceitos, ele removeu especificamente um trecho que classificava “o enquadramento intencional com o gênero errado ou o uso do nome de nascimento de indivíduos transgêneros” como discurso de ódio.

Microsoft x Twitter
A Microsoft decidiu não pagar o valor abusivo da API do Twitter e vai retirar a rede de sua plataforma de anúncios. Usuários não poderão mais acessar suas contas no Twitter por meio da ferramenta de gerenciamento de mídia social Digital Marketing Center da Microsoft.

Ética em segundo plano
Os atuais e ex-funcionários do Google colocaram a boca no trombone e afirmaram que a empresa deixou a ética de lado durante o lançamento do Bard, seu chatbot de inteligência artificial concorrente do ChatGPT. Uma das situações relatadas é que, durante as fases de teste, o Bard continuadamente deu respostas incorretas e até mesmo respostas que poderiam colocar usuários em risco, como dicas sobre como pousar um avião.

BATE-PONTO

  • Substack é a maior ameaça às newsletters que já existiu.
  • Rede do Mastodon alcança 1 bilhão de posts.
  • Mais um projeto na câmara quer barrar portaria do governo sobre redes.
  • Reddit cobrará por acesso à sua API para quem treinar modelos de IA.
  • Chatbot de IA do Snapchat é liberado a todos, de graça.

GARIMPO NO SITE

  • Propaganda equivocada da reserva que viralizou é de 2015.
  • Carluxo abandona emprego full-time com o pai.
  • Moro põe festa junina de novo no centro da política brasileira.
  • Até o filho do Lula desaprovou a fala dele sobre games.
  • Direita domina conversa nas redes sobre o GSI no 8 de janeiro.
Venha para o NúcleoHub, nossa comunidade no Discord.